sábado, 27 de agosto de 2016

EM NOTA, ADVOGADOS DE LULA DIZEM QUE INDICIAMENTO TEM CARÁTER POLÍTICO

Por meio de nota à imprensa, os advogados que defendem o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e sua esposa, Marisa Letícia, disseram repudiar o indiciamento de seus clientes nesta sexta-feira (26) pela Polícia Federal. Segundo eles, o inquérito policial, assinado pelo delegado Marcio Adriano Anselmo, “tem caráter e conotação políticos e é, de fato, peça de ficção”.

“Lula e D. Marisa não cometeram crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica ou lavagem de capitais”, diz a nota de repúdio assinada pelos advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, que defendem Lula e Marisa.

Segundo a nota, o triplex no Guarujá é de propriedade da OAS e não de Lula, “como não deixa qualquer dúvida o registro no Cartório de Registro de Imóveis do Guarujá”. Para os advogados, o delegado indiciou Lula sem ter um documento que comprove que Lula é o proprietário do imóvel. “Confirma ser o relatório uma obra de ficção o fato de o documento partir da premissa de que houve a entrega do imóvel a Lula sem nenhum elemento que possa justificar tal afirmação”.

Os advogados dizem que Lula esteve no imóvel uma única vez, acompanhado de Marisa, quando foram conhecê-lo. “O ex-presidente e os seus familiares jamais usaram o imóvel e muito menos exerceram qualquer outro atributo da propriedade”.

Segundo a nota, Marisa adquiriu, em 2005, uma cota-parte da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) que, se fosse quitada, daria direito a um imóvel no Edifício Mar Cantábrico, que é o antigo nome do imóvel Edifício Solaris, onde o delegado aponta Lula como proprietário.

“Ela fez pagamentos até 2009, quando o empreendimento foi transferido à OAS por uma decisão dos cooperados, acompanhada pelo Ministério Público do estado de São Paulo”. Com isso, segundo os advogados, Marisa poderia ter a opção de usar os valores investidos como parte de pagamento de uma unidade no Edifício Solaris, que seria finalizado pela OAS, ou receber o investimento de volta. Ela optou pela restituição dos valores investidos.

Para os advogados, o indiciamento não tem respaldo jurídico. “Lula e sua esposa não receberam qualquer bem, valor ou direito da OAS que seja proveniente de desvios da Petrobras e muito menos tinham conhecimento da suposta origem ilícita desses valores”. Para fornecer maiores esclarecimentos sobre isso, os advogados de Lula convocaram uma entrevista coletiva hoje, em São Paulo, que deve ser iniciada em instantes. (As informações da Agência Brasil)

APÓS 30 ANOS DE PESQUISA, VACINA CONTRA ESQUISTOSSOMOSE CHEGA AO SUS EM 3 ANOS

A primeira vacina contra a esquistossomose, que afeta mais de 200 milhões de pessoas em todo mundo, estará pronta em 2020. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pela pesquisa anunciou nesta sexta-feira (26), em entrevista coletiva, que, após 30 anos de estudos, a produção em larga escala e distribuição da vacina da SM14 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) começará em aproximadamente três anos.

O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, ressaltou que, no longo prazo, as imunizações também terão efeitos econômicos benéficos para os países mais pobres do planeta, que hoje têm altos gastos com saúde e falta de mão de obra produtiva, já que a esquistossomose é uma doença que não tem cura.

“Junto com a malária, essa doença é um dos maiores problemas globais que atingem populações negligenciadas. Hoje cerca de 800 milhões de pessoas estão sob risco de ter esquistossomose, e a vacina é um atalho para reduzir essa transmissão de maneira eficaz do ponto de vista do custo também”, disse Gadelha. “Será uma vacina muito acessível. A expectativa é que chegue a US$ 1 a dose, de forma que todos que os precisem da vacina tenham possibilidade de ser imunizados.”

A pesquisa para o desenvolvimento da vacina foi escolhida como uma das cinco prioridades pela Organização Mundial da Saúde. Relacionada à precariedade de saneamento, a esquistossomose é transmitida pela água contaminada com as larvas do verme. A doença tem áreas endêmicas em mais de 70 países. No Brasil, 19 estados apresentam casos, com predominância da Região Nordeste, além dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Na nova fase de estudos clínicos, a vacina será testada em moradores do Senegal, na África, uma área onde a doença é altamente endêmica. O Senegal foi escolhido também pelo fato de contar com as duas espécies do parasita que transmite a esquistossomose. De acordo com a pesquisadora Miriam Tendler, do Instituto Oswaldo Cruz, que participa dos estudos sobre a vacina, essa etapa é vital, pois vai avaliar a segurança do produto.

“[A vacina] será testada em uma população que convive com o parasita – são indivíduos que já tiveram a doença e têm informação imunológica sobre o parasita, uma situação de stress máximo, que é a situação que vai ocorrer no futuro. Então, esta talvez seja uma das etapas mais importantes da pesquisa”, disse Miriam.

O parasita que transmite esquistossomose vive nas veias de drenagem do trato urinário e dos intestinos. A pessoa infectada pode desenvolver uma erupção cutânea ou coceira no local em que o parasita penetrou na pele. A maioria das pessoas, no entanto, não tem sintomas na fase inicial da infecção. De um a dois meses após a infecção, quando o parasita atinge o sangue e "viaja" por dele, a pessoa pode sentir febre, calafrios, tosse e dores musculares. O parasita então pode passar para o fígado, o intestino ou a bexiga.

O sinal clássico da esquistossomose urogenital é hematúria (sangue na urina). Fibrose da bexiga e do ureter e danos renais são, por vezes, o diagnóstico em casos avançados. O câncer de bexiga é outra complicação possível nas fases posteriores. (As informações do Correio)

CANDIDATOS APOSTAM NO CORPO COM ELEITORES NESTE SÁBADO

No primeiro fim de semana da campanha após o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, os candidatos a prefeito de Salvador tentam apostar neste sábado (27) no corpo a corpo com o eleitorado. O candidato à reeleição ACM Neto (DEM) faz durante a manhã uma carreata que passa pelos bairros de Castelo Branco, Dom Avelar e Sete de Abril. Pela tarde, participa do lançamento das candidaturas de três vereadores. À noite, faz o mesmo e vai ao evento que marca o início da campanha de dois candidatos a vereadores. O deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PDT) participa, pela manhã, da carreata de um candidato a vereador em Cajazeiras. À tarde, faz caravana por bairros da capital baiana. Durante a noite, reúne-se com candidato a vereador e também com a coordenação de campanha.

A deputada federal Alice Portugal (PCdoB) tem agenda intensa neste sábado. Pela manhã, participa de uma caminhada no bairro de Periperi. Durante a tarde, vai a um evento de panfletagem e caminhada em Paripe e participa da inauguração do comitê de um candidato à reeleição para o mandato de vereador. Ainda pela tarde, a candidata vai aos eventos de lançamento das candidaturas de dois vereadores. À noite, a comunista participa dos eventos de início da campanha de um candidato a vereador e da inauguração do comitê de outro concorrente à Câmara de Vereadores.

O candidato Cláudio Silva (PP) concede entrevista a um programa de rádio durante a manhã. Pela tarde, encontra-se com lideranças comunitárias em Patamares. A candidata Célia Sacramento (PPL) participa na tarde de sábado de um encontro na Associação Limoeiras de Baixo, no Vale dos Lagos e, depois, vai ao lançamento da campanha de um candidato a vereador. Pela noite, encontra-se com a comunidade de uma igreja pentecostal, em Águas Claras.

O candidato Rogério Tadeu Da Luz (PRTB) encontra-se de manhã com a equipe de campanha. Pela tarde, visita o bairro de Castelo Branco. Já o candidato Fábio Nogueira (PSOL) participa, pela manhã, de debate com alunos secundaristas e, depois, de um seminário para discutir programa de governo, na Casa do Olodum, no bairro do Pelourinho. À tarde, o socialista vai a um evento da juventude do partido, no bairro do Campo Grande. (As informações do BN)

PT REALIZA OPERAÇÃO PARA CONSEGUIR ABSTENÇÕES E EVITAR INABILITAÇÃO DE DILMA

Diante do encaminhamento esperado para o julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff, o PT organizou uma operação em duas frentes para reduzir eventual derrota. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, o partido fala em duas votações no plenário, sendo uma sobre a condenação e a outra sobre a inabilitação de Dilma para o serviço público. A ideia é minimizar os reflexos na biografia da petista de uma possível perda do mandato. Com isso, a legenda procura os senadores considerados volúveis para que se abstenham na votação. A abstenção também é benéfica para a presidente, já que a condenação só acontece com a reunião de ao menos 54 votos a favor do afastamento definitivo.

CASAL ROUBA PACIENTE E FUNCIONÁRIOS DE UNIDADE DE SAÚDE EM SALVADOR

Pacientes e funcionários de uma unidade de saúde, na Rua do Sabiá, que fica no bairro de Coutos, região do Subúrbio Ferroviário, em Salvador, foram assaltados por uma dupla formada por um homem e uma mulher no final da tarde desta sexta-feira (26).

Segundo a Central de Polícia, a dupla chegou armada à unidade, que fica na região do Conjunto Vista Alegre, por volta das 16h40, e levaram objetos dos pacientes e dos funcionários. Após o roubo, eles fugiram e seguiram em direção à rua Nova Constituinte.

A Central não informou o quê foi roubado e nem o nome da unidade de saúde. Viaturas da polícia militar fizeram rondas na região para tentar localizar os suspeitos, mas ninguém foi preso. (As informações do Correio)

PARENTES DE GÊMEOS MORTOS EM COSME DE FARIAS PEDEM ENTRADA EM PROGRAMA DE PROTEÇÃO

Parentes dos irmãos gêmeos Cézar Sílvio e Sílvio Cézar Carvalho Santos, 45 anos, assassinados a tiros na Baixa do Tubo, no bairro de Cosme de Farias, solicitaram nesta quinta-feira (25) o ingresso em programa de proteção da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). Os gêmeos foram mortos no dia 17 deste mês quando dois homens armados chegaram em uma motocicleta ao local onde funcionava o escritório de advocacia de Silvio e atiraram em direção às vítimas.

De acordo com a assessoria de comunicação da SJDHDS, os trâmites são realizados pela coordenação dos programas de proteção da secretaria, junto com o Ministério Público do Estado (MPE) para avaliar a entrada dos parentes. Os familiares foram recebidos pela coordenadora de Proteção, Isaura Genoveva.

A circulação de carros suspeitos levou à família à procuração proteção do Estado. Duas picapes foram vistas circulando com frequência nas residências – os endereços não foram divulgados por segurança. Parentes disseram que a situação começou depois que a polícia prendeu cinco ciganos suspeitos de participação na morte dos gêmeos. No entanto, os ciganos presos por porte ilegal de armas foram soltos após pagamento de fiança de R$ 45,2 mil. (As informações do Correio)

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO DA UFBA TEM NOVO ANEXO

A Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom-Ufba) inaugurou, nesta sexta-feira, 26, um novo prédio anexo ao já existente, que também foi reformado. Com três pavimentos, a ala abriga setores administrativos, salas de aula, gabinetes de professores, laboratórios de foto e rádio.

Com recursos da ordem de R$ 3,4 milhões, a reforma e a construção foram iniciadas em 2012, concluídas em 2014, mas passaram por ajustes finais até a inauguração. As verbas, no entanto, vieram antes dos atuais cortes nos recursos para a educação federal no país.

A área construída de 1.648,16 m² servirá para uso de cerca de 800 estudantes, somados os que cursam graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado. A intervenção, no entanto, não significa aumento nas vagas para estudantes na Facom.

A inauguração foi precedida por uma solenidade com a presença do reitor João Carlos Salles, da diretora da Facom, Suzana Barbosa, e do ex-diretor professor Giovandro Ferreira, que participou do processo de captação de recursos para viabilizar as obras.

Desenvolvimento - À frente da universidade desde agosto de 2014, o reitor João Carlos Salles destacou a continuidade das melhorias iniciadas na gestão anterior. "Nesse intervalo, a Ufba não parou de dar prosseguimento a obras iniciadas". Diretora da Facom, Suzana Barbosa comemora a ampliação da faculdade, que abriga os cursos de jornalismo e produção cultural. "Essa é uma grande conquista para melhor atendermos a comunidade acadêmica", disse Barbosa.

Ex-diretor da Facom, o professor Giovandro Ferreira explica que as verbas para os obras vieram do programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), criado no governo Lula, junto com recursos de emendas parlamentares e repasses de editais do governo federal. "Não foi fácil, houve muita negociação para termos a verba", revelou Ferreira.

Estudante do 8º semestre do curso de produção cultural, o aluno André Oliveira, 23 anos, comemora, com algumas observações. "É uma conquista. Mas, no quesito acessibilidade, sinto falta de elevadores para que alunos cadeirantes cheguem aos pisos superiores". Formada em jornalismo, a ex-aluna Tâmara Terso, 28 anos, diz ter acompanhado as obras, inclusive participando de mobilizações pelas reformas. "Esse é um dos momentos finais da bonança que a universidade passou. Agora, com o ajuste fiscal, será difícil", prevê.

O reitor também comentou o fato de a universidade, com recursos próprios, ter custeado 118 bolsas de iniciação científica, depois do corte de 20% nas verbas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). "Foi uma notícia ruim o anúncio desses cortes. Estamos assumindo as bolsas porque já estavam atribuídas aos estudantes", relatou. "Mas estamos apreensivos quanto à redução do orçamento para o ano que vem e estamos brigando para reverter os cortes", finalizou o reitor da instituição.

Atenção - Sobre a tentativa de estupro de uma estudante nas dependência da Ufba, na última terça-feira, Salles informou que a segurança "sempre é motivo de atenção". "Estamos prestando toda a assistência. Ela irá depor na ouvidoria. A violência foi impedida justamente por nossos seguranças", disse. (As informações do A Tarde)

PREFEITURA DE SALVADOR NOMEIA E CONVOCA 42 PROFISSIONAIS DE SAÚDE

A Prefeitura de Salvador publicou, no Diário Oficial do Município (DOM) de quinta-feira (25), o decreto de nomeação de mais 30 profissionais para a Saúde aprovados em concurso público. Foram nomeados colaboradores em quatro especialidades, sendo 26 técnicos de enfermagem, um terapeuta ocupacional, dois odontólogos clínicos e um enfermeiro.

Os profissionais devem comparecer para tomar posse, no prazo legal de 30 dias corridos, a partir da data da publicação, na Secretaria de Gestão (Semge), na Avenida Vale dos Barris, 125, das 8h às 11h e das 14h às 16h. A lista com a documentação necessária está publicada no Portal do Servidor.

Nesta semana, a Prefeitura já havia publicado no DOM a convocação de outros 12 profissionais aprovados no mesmo concurso para que comprovem a habilitação técnica exigida pelo edital. Foram dois farmacêuticos bioquímicos, dois técnicos em saúde bucal, seis técnicos de enfermagem, um enfermeiro e um técnico em laboratório.

Para mais informações, os convocados podem ainda entrar em contato com a Subcoordenadoria de Concursos pelo telefone 3202-4102. (As informações do Correio)

CAMINHÃO-BOMBA EXPLODE E MATA AO MENOS OITO POLICIAIS NA TURQUIA

Um ataque com carro-bomba matou ao menos oito policiais em um posto de controle nesta sexta-feira perto da cidade de Cizre, na província de Sirnak, na Turquia, informou a agência de notícias estatal Anadolu.

Segundo a agência, 45 pessoas ficaram feridas no ataque que foi realizado com um caminhão carregado com explosivos. A explosão atingiu um posto de controle localizado cerca de 50 metros de uma delegacia de polícia.

O Ministério da Saúde do país disse que enviou 12 ambulâncias e dois helicópteros para o local. Fonte: Dow Jones Newswires.

PALETERIA É ARROMBADA NO GARCIA

A paleteria Los Maracas, localizada no bairro do Garcia, em Salvador, sofreu um arrombamento e uma tentativa de arrombamento somente este mês. As câmeras de segurança do local flagraram a ação. Segundo informações do jornal Correio, o primeiro caso ocorreu na madrugada do dia 8 de agosto (domingo), por volta das 2h30. O assaltante conseguiu invadir o local, que tem uma porta de ferro e um blindez, e roubou R$ 600, a própria gaveta do caixa e um telefone sem fio. Ele foge ao tentar levar a cafeteira e o monitor do computador, quando o alarme disparou.

"Levou um minuto e 30 segundos", conta, afirma o proprietário do estabelecimento, Luis Gustavo Casaes Castro, que reclama da insegurança no bairro. O outro crime ocorreu uma semana depois, dessa vez tendo como autores um casal. "Eles tentaram (arrombar), mas eu tinha modificado as minhas portas, colocado o que chamam de bandeira de ferro", conta. A porta foi empenada, mas a dupla não conseguiu entrar. "No Garcia a gente passa por isso constantemente, todo final de semana tem uma história", reclama o comerciante.

Ele atribui o aumento dos crimes à instalação recente de uma ONG para auxiliar dependentes químicos. O arrombamento foi registrado na 1ª Delegacia (Barris). O 18º Batalhão da Polícia Militar é responsável pelo policiamento na área, realizando rondas na região. (As informações do BN)

TAXISTAS SOLICITAM À JUSTIÇA BLOQUEIO DO APLICATIVO UBER

A Associação Metropolitana dos Taxistas (AMT) ajuizou nesta sexta-feira, 26, uma Ação Civil Pública contra a empresa Uber do Brasil Tecnologia Ltda. O objetivo da ação é que seja proibido o funcionamento e disponibilização do aplicativo Uber na Bahia.

Essa decisão se deu pelas frequentes queixas dos taxistas de que o aplicativo é uma concorrência desleal e vem trazendo prejuízos para a classe. A categoria pede à Justiça baiana uma liminar para que seja proibido o funcionamento do aplicativo com multa diária de R$ 100 mil reais, em caso de descumprimento.

Além disso, a AMT também pede a condenação e indenização por perdas e danos materiais e também danos morais. Os motoristas pretendem agendar nova carreata na cidade para explicar as dificuldades encontradas pela classe.

Na última terça, 23, cerca de dois mil taxistas fizeram uma carreata e travaram o trânsito em algumas avenidas de Salvador. (As informações do A Tarde)

SENADO OUVE NESTE SÁBADO ÚLTIMAS TESTEMUNHAS DA DEFESA DE DILMA

O plenário do Senado retoma na manhã deste sábado (27) o depoimento das últimas testemunhas no julgamento final do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. A sessão, marcada para as 10h, ouvirá o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa e o professor de direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) Ricardo Lodi, que será ouvido como informante.

Ambos foram indicados pela defesa da petista e sucedem outras três testemunhas indicadas pela defesa ouvidas na véspera, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo; o professor de direito da UFRJ Geraldo Prado, da Universidade Federal do Rio de Janeiro; e o ex-secretário-executivo do Ministério da Educação Luiz Cláudio Costa.

A reinício da sessão neste sábado foi acordada entre os senadores com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, e correrá sem pausa para o almoço. No início da noite, o advogado de Dilma, José Eduardo Cardozo, pediu que as falas fossem adiadas para este sábado, alegando "lógica procedimental". Na prática, segundo o G1 apurou, a defesa adotou essa estratégia para evitar que a sessão transcorresse ao longo da madrugada.

Desde quinta (25) os senadores estão ouvindo os depoimentos das testemunhas de acusação e de defesa. Ao longo da sessão, os parlamentares formulam questionamentos aos depoentes para que esclareçam os pontos relacionados à acusação de que Dilma cometeu crime de responsabilidade.

Testemunhas de defesa - Na sessão desta sexta, Belluzzo, professor da Unicamp e primeiro a falar, foi na contramão das acusações ao afirmar ter havido um "excesso de responsabilidade fiscal" no governo Dilma. Em 2015, completou, ela teria cometido uma "despedalada" em 2015, contigenciando recursos em um momento de queda da arrecadação.

Segundo a falar, Geraldo Prado negou a existência de crime de responsabilidade e afirmou que uma condenação de Dilma seria "injusta". "Não há ato, no caso do Plano Safra, imputável à presidente Dilma", disse, em referência aos atrasos do governo em ressarcir o Banco do Brasil por financiar o programa de crédito rural.

Por fim, Luiz Cláudio Costa sustentou que os decretos de crédito suplementar assinados por Dilma "não causaram impacto fiscal", ao contrário do que diz a acusação.

"A gestão fiscal é feita por decretos de contingenciamento, e esses decretos foram efetuados. O MEC teve quatro, que chegaram perto de R$ 10 bilhões", afirmou. "Tivemos um decreto de suplementação que permitiu o manejo, mas tivemos decretos de contingenciamento que fizeram a gestão fiscal", completou. (As informações do G1)

SALVADOR RECEBE IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA APARECIDA

No próximo mês Salvador receberá, pela primeira vez, a visita da Padroeira do Brasil. Nos dias 10 e 11 de setembro, a Arquidiocese de São Salvador da Bahia receberá a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, em comemoração ao aniversário de 300 anos de quando a imagem foi encontrada nas águas do rio Paraíba do Sul, no Porto Itaguaçu, localizado no interior de São Paulo.

Serão dois dias de programação. O ponto alto será a celebração no próximo dia 11, de uma missa festiva, presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, na Arena Fonte Nova. “Será uma grande expressão de carinho, tanto de nós para ela, como também dela para nós. A imagem de Nossa Senhora Aparecida vem nos lembrar o carinho de mãe“, afirmou o arcebispo.

A expectativa é de que o evento reúna 40 mil fiéis de Salvador, Ilha de Itaparica e cidades do Recôncavo Baiano, entre elas, Cachoeira, Sapeaçu, Governador Mangabeira, Maragogipe e São Félix. Ao todo, são esperadas representantes das 112 paróquias no evento.

Os ingressos para a missa na Arena Fonte Nova são gratuitos e serão distribuídos em todas as paróquias da Arquidiocese de Salvador. Durante o evento, a Arquidiocese convida os participantes a doarem 1 kg de alimento não-perecível, que será destinado às instituições Hospital da Criança Martagão Gesteira e Obras Sociais Irmã Dulce. Os interessados devem procurar a secretária da paróquia da qual fazem parte para garantir o bilhete - não haverá distribuição no dia do evento.

Confira a programação completa:

10 de setembro
9h – Missa no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida
17h30 – Recepção da imagem jubilar no Aeroporto Luís Eduardo Magalhães
18h – Carreata do Aeroporto Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães até a paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Imbuí)
19h – Missa de abertura da vigília na paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Imbuí)

11 de setembro

6h30, 9h30 e 11h30 – Missas na matriz da paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Imbuí)
13h – Abertura dos portões da Arena Fonte Nova
13h30 – Carreata da paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida (Imbuí) até a Arena Fonte Nova
16h – Missa presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, na Arena Fonte Nova

Só poderão participar da missa, aqueles que estiverem com o ingresso em mãos. Todos os portões da arena estarão abertos, sendo possível o acesso pela Ladeira Fonte das Pedras ou pelo Dique do Tororó. (As informações do Correio)

IDOSO RECLAMA DE DIFICULDADE DE ACESSO A ÔNIBUS SEM CARTÃO

A decisão judicial que resultou no cancelamento de 147 mil cartões SalvadorCard Idoso tem gerado insatisfação nos usuários. A determinação é resultado de uma ação movida pela Defensoria Pública do Estado, em conjunto com o Ministério Público (MP-BA).

Desde o anúncio do cancelamento, os idosos têm enfrentado dificuldades no acesso aos ônibus. Agora, eles dependem da entrada pela porta mediana quando os assentos reservados antes da catraca estão ocupados. Antes da medida, o registro da passagem com o cartão permitia livre acesso à parte posterior do veículo.

Sem se identificar, um aposentado de 73 anos, morador do Monte Serrat, que estava no ônibus da linha Vila Ruy Barbosa da empresa Integra, nesta sexta, 26, disse que a ausência do cartão complicou o acesso ao transporte. Segundo ele, na maioria das vezes, os motoristas não abrem a porta mediana.

No ponto da praça da Piedade, muitos idosos que aguardavam o coletivo se queixavam da mudança. Djalma Figueredo, 73, morador do Garcia, também comentou que, às vezes, tem enfrentado problemas, pois alguns motoristas não querem abrir a porta indicada. "Quando o ônibus está cheio, eles têm que abrir as portas: do meio ou do fundo, mas não abrem", disse o idoso, ressentido com o cancelamento do cartão.

Mais queixas - A aposentada Maria José da Silva, 67, afirmou que o cancelamento é um abuso. "Eles não abrem a porta do meio para a gente entrar, por isso eu gostaria de saber: por que os cartões foram cancelados?", questionou a senhora, que estava no ônibus da linha Barbalho/Iguatemi, da Salvador Norte.

De acordo com o motorista Evanildo da Silva, 46 anos, que opera na linha Barbalho/Fazenda Garcia, da Plataforma, tanto motoristas quanto cobradores estão sobrecarregados depois desta decisão. "Somos profissionais e entendemos que há idoso que tem dificuldade de entrar pela porta do fundo", observou. Questionado sobre a aprovação do cancelamento, ele respondeu que os idosos que procuraram esta situação. "Infelizmente, alguns usaram indevidamente o benefício", opinou.

Já o cobrador Lázaro José, 50, afirmou que o cancelamento piorou o serviço dele, porque muitos idosos usam a linha de transporte. "Não temos como controlar o acesso da porta mediana e, até o momento, não chegou qualquer informação, concluiu ele.

Dados -
O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps) informou, por meio da assessoria de comunicação, que os cartões começaram a ser emitidos em 26 de janeiro de 2015, por determinação da prefeitura (Decreto Municipal 25.782 de 5 de janeiro de 2015). Nesse período, de acordo com o órgão, foram emitidos 147 mil SalvadorCard Idoso. Sobre o cancelamento dos cartões, a entidade respondeu que obedece a decisão judicial. (As informações do Correio)

BRASILEIRAS DESAPARECIDAS DESDE JANEIRO SÃO ENCONTRADAS MORTAS EM POÇO EM PORTUGAL

Três brasileiras foram encontradas mortas, nesta sexta-feira (26), dentro de um poço em Cascais, Portugal. As irmãs mineiras Michele Santana Ferreira, 28 anos, que estava grávida, e Lidiana Neves Santana, 16, além da amiga delas, a capixaba Thayane Milla Mendes, 21, estavam desaparecidas desde janeiro. As informações foram divulgadas pelo jornal "Correio da Manhã".

A mãe de Michele e Lidiana, a auxiliar de serviços gerais Solange Santana Leite, 50 anos, confirmou ao "Jornal Extra" que recebeu a notícia da morte das filhas por uma amiga que mora em Portugal. "Minha amiga que está em Portugal me ligou para avisar, mas a polícia ainda não encontrou em contato comigo", lamentou.

Solange disse também que não tem como ir buscar os corpos das filhas e que está contando com o auxílio dessa amiga para resolver os tramites burocráticos. Ainda segundo ela, a filha mais velha morava em Lisboa há 9 anos, com outro brasileiro com quem mantinha um relacionamento.

Michele convidou a irmã mais nova, no final de 2015, para morar com ela na Europa. Em janeiro, Thayane também viajou para Portugal. Dias após a chegada de capixaba em Lisboa, a mãe das jovens perdeu contato com as filhas.

De acordo com o "Extra", Solange entrou em contato com o companheiro de Michele para saber notícias das jovens. "Ele disse que elas estavam bem e Michele tinha largado o emprego e saído do Facebook para não ser encontrada pela ex-patroa. Mas eu desconfio dessa história", contou Solange.

Segundo Solange, o companheiro da filha, poucos dias depois do desaparecimento das jovens, voltou para Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha. De acordo com o "Extra", em maio, o Itamaraty informou que acompanhava o caso desde fevereiro.

O órgão informou que as jovens teriam planos de ir para Londres, mas não havia registro nem da saída delas de Portugal, nem da entrada no Reino Unido. Os nomes delas chegaram a ser incluído no sistema de alerta da imigração da polícia inglesa e da Interpol. (As informações do Correio)

QUASE 10% DOS CONCLUINTES BAIANOS DO ENSINO FUDAMENTAL EXPERIMENTARAM CRACK

Quase 10% dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental matriculados em escolas da Bahia já utilizaram o crack. Os números foram apresentados nesta sexta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) por meio da Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE). Com 9,9% dos 183.491 estudantes ouvidos declarando que já experimentaram drogas ilícitas e consumiram crack nos dias anteriores à pesquisa, feita em 2011, a Bahia fica acima da média nacional, que é de 5,5%.

Quem também ultrapassa a média brasileira é a região Nordeste, com 8,6% dos estudantes do 9º ano tendo declarado que consumiram crack nos 30 dias anteriores à pesquisa. Salvador tem média de 3%, ficando abaixo da média nacional. Na capital, 5,9% dos que declararam ter usado crack eram do sexo masculino - nenhuma mulher declarou - e 14,4% estudavam em escolas da rede privada - 1,1% eram alunos de escolas públicas.

Já quanto ao uso da maconha, são os estudantes soteropolitanos quem ficam acima da média nacional: 49,9% dos estudantes declararam ter experimentado drogas ilícitas e fumado maconha nos 30 dias anteriores à pesquisa. A maioria deles também estudava em escolas privadas - 56,3%. A Bahia (43,3%) e o Nordeste (41,6%) ficaram abaixo da média em percentual de estudantes que contaram ter experimentado drogas e usado maconha. A pesquisa não aponta os meios pelos quais os adolescentes, entre 12 e 16 anos, tiveram acesso às drogas.

Saúde Sexual e Violência - Do total de baianos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental que respondeu à pesquisa, 4,1% disseram já terem sido forçado a manter uma relação sexual. O percentual na Bahia é maior do que a média nacional, de 4%. Quando a vítima é do sexo feminino, a média baiana também é maior - 4,4%, contra 4,3% no Brasil. A maior parte das vítimas de estupro disse estudar em escolar públicas (4,4%), contra 2% em escolas privadas.

Em Salvador, a média é abaixo das capitais nacionais (3,7%). Mesmo assim, 3,3% estudantes disseram ter sofrido relações sexuais forçadas e a média de meninas é ainda maior (3,9%) - 4,2% estudam em escolas públicas e 1,7% em escolas particulares.

Do total de meninas baianas que disseram já ter tido relações sexuais, 15,6% contaram já ter engravidado. O percentual é acima da média nacional (9%). Já em Salvador, 6,2% das meninas que afirmaram ter tido relações sexuais engravidaram. (As informações do Correio)